Publicado em: 18 de novembro de 2014 às 15:19
Quero Comentar

Jovem comerciante Régis Teixeira, 41, falece em Fortaleza


REGIS-TEIXEIRAO jovem comerciante Régis Teixeira Leandro, 41, faleceu nesta terça-feira, 18, em Fortaleza. Ele era proprietário de uma loja de material de construção localizada no Centro da cidade. Bem humorado e gentil, Régis deixará saudades entre amigos, familiares e clientes, que soube cativar durante toda a sua vida. Aos familiares, em especial ao seu irmão e amigo Giovani Teixeira, nossa solidariedade e o desejo que Deus conforte a todos.

O corpo será velado a partir das 22h00 no Centro de Velório Anjo da Guarda. A missa de corpo presente será nesta quarta-feira, às 15h00, na Igreja Matriz de São Raimundo Nonato.

Publicado em: 18 de novembro de 2014 às 15:01
Quero Comentar

CERVA – Centro de Educação Religiosa, Cultural e Social será construído em Várzea Alegre


cervaA Associação Beneficente e Cultural São Vicente de Paulo – ABCSVP terá seu próprio espaço para desenvolver suas atividades. Considerado um dos mais antigos e atuantes grupos religiosos de Várzea Alegre, mais conhecido como Vicentinos, agora associação, está trabalhando para construir o CERVA – Centro de Educação Religiosa, Educacional, Cultural e Social de Várzea Alegre.

No próximo domingo, 23, haverá a primeira missa da construção do CERVA, no Sítio Cachoeira Dantas, às 8h00, celebrada pelo padre José Mota Mendes, simbolizando o marco zero da obra. Será neste local que serão realizados os próximos retiros espirituais.

Haverá transporte gratuito para os fiéis, a partir das 7h15 da manhã, saindo dos seguintes locais: Escola Dr. Dário Moreno – bairro Riachinho; Capela da Imaculada Conceição – bairro Varjota; Capela de Santo Antônio – bairro Praça Santo Antônio; Capela de Nossa Senhora Aparecida – bairro Juremal.

Publicado em: 17 de novembro de 2014 às 14:28
Quero Comentar

Plantão movimentado deste final de semana acende luz de alerta da polícia


A movimentação atípica do plantão policial de Várzea Alegre durante este final de semana acendeu a luz de alerta da Polícia local. O Capitão Victor declarou que somente nas duas últimas semanas, o número de crimes contra a vida ou de forma tentada superou todo o registrado nos onze meses de 2014. Ouça o balanço das ocorrências deste final de semana. Leia sobre os casos aqui.

 

Entre os casos, a morte por enforcamento do jovem professor Clairton Isidório Moreira Guedes, aos 37 anos de vida.

clairton2Ele praticou suicídio neste domingo, 15, por volta das 15h30, em sua residência na Rua Quinco Honório, bairro Praça Santo Antônio. A sua partida repentina deixou amigos e familiares perplexos. O jovem professor era pessoa carismática, gentil e fazia amigos por onde passava, daí tamanha comoção pelo seu falecimento.

Publicado em: 10 de novembro de 2014 às 14:38
Quero Comentar

Polícia faz balanço das últimas ocorrências em Várzea Alegre. Uma delas um assassinato


CAPITAO-VITOR-EMANOELA Policia Militar de Várzea Alegre, sob o comando do Capitão Victor Emanoel, fez um balanço das últimas ocorrências neste município, tendo a mais recente culminado na morte de William Fernandes de Sousa, no Sítio Vacaria. Ele foi encontrado com uma lesão por arma de fogo na cabeça e perfurações à faca pelo corpo. No local também foi achada uma espingarda quebrada, que possivelmente pode ter sido utilizada no crime. Ouça a entrevista abaixo:

Publicado em: 10 de novembro de 2014 às 14:23
Quero Comentar

DNIT instala câmeras de monitoramento em trecho urbano da BR 230


CAMARAS-DNIT-BR230-A semana começa com a notícia de que o DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito instalou câmeras de monitoramento em trecho urbano da BR-230 em Várzea Alegre. O equipamento foi colocado no entorno da Praça Monumento Padre Vieira, saída para Juazeiro do Norte e tem como objetivo registrar ultrapassagens e retornos irregulares naquele trecho, conduta que causou dez acidentes ali, sendo que a maioria sem gravidade.

Sem rumo….

E por falar em trânsito, o Demutran bem que poderia colocar um de seus agentes para orientar os motoristas a como proceder no cruzamento da Avenida Luiz Afonso Diniz com a Antônio Afonso, na altura do Mercantil de Zé de Corina. Ali, diariamente, a toda hora, há risco de choque entre veículos ou entre estes e pedestres. Ninguém parece saber de quem é a preferência naquele trecho. As pessoas simplesmente avançam com os veículos em todas direções sem se importar com nada. Imprudência geral. Seria interessante que, ao invés de ficar um agente lá no sinal próximo a Esplan Confecções, sem produzir efetivamente nada, fosse deslocado para a parte debaixo da via, onde mais cedo ou mais tarde, se não for tomada nenhum providência, alguém vai se machucar.

Publicado em: 28 de outubro de 2014 às 10:33
Quero Comentar

A campanha pegou fogo, mas passou. Mas quem realizará o rescaldo?


varzea alegreO incêndio político foi contido. A fase mais quente passou. Agora vem o rescaldo (conjunto das operações necessárias para completar a extinção do fogo). Quem se habilitará a realizá-lo? Quem será capaz de conter os pequenos focos de incêndio que ficaram sob as cinzas da disputa democrática que ocorreu em Várzea Alegre? Os ânimos parecem ter esfriado, mas basta uma faísca (uma palavra, uma risada, uma indireta, uma postagem nas redes sociais) e pronto, a coisa volta a esquentar.

A forma aguerrida com que o prefeito Vanderlei Freire (PSD) e seus aliados partiram para o combate eleitoral em busca de votos para Camilo Santana é digna de aplausos. O gestor começou desacreditado, enquanto líder, em razão da péssima colocação de seu candidato nas pesquisas, mas aos poucos foi ganhando espaço. E ganhou mais força com a virada de Camilo nas urnas ainda no primeiro turno. Ponto para Vanderlei.

Do outro lado, o ex-prefeito Zé Helder, na sua luta quase que solitária na defesa de Eunício Oliveira. Em seu discurso, todos os motivos que o levaram a apoiar o seu candidato foram bem aceitos pela população. Numa espécie de mistura de solidariedade política com gratidão pelo seu trabalho frente ao município, o povo de Várzea Alegre deu a maioria de votos a Eunício, transformando a nossa cidade num único pontinho verde pintado em meio a um mar vermelho do mapa das eleições no Cariri. Ponto para Zé Helder.

No segundo turno, aumentou a vantagem de Camilo nas urnas. Ponto para Vanderlei. Mas ainda assim, e mesmo com a apatia visível no segundo tempo das eleições, Eunício saiu vencedor. Ponto para Zé Helder. Daí concluo: em nossa cidade há um líder que cresce e outro que permanece. Este, com uma vantagem visível sobre aquele, até o momento.

O prefeito Vanderlei teve seu cordão umbilical cortado politicamente falando. Agora terá uma ponte direta com o Governador do Estado, desejo antigo dos seus apoiadores. A partir de agora, qualquer conquista que vier para a nossa cidade, será trazida por Vanderlei, será conquista sua, e não poderá ser atribuída a seu padrinho político, Helder. É a chance do atual prefeito mostrar a que veio, deixar sua marca na administração municipal e sair da sombra de seu antecessor. De certo lutará para isto.

O certo é que um novo ciclo começa a partir destas eleições em Várzea Alegre. Há quem diga que não houve briga de egos, mas houve. Há quem diga que não houve uma disputa pela liderança local, mas houve. E isso ficou nítido o tempo todo. Aliás, foi justamente esta disputa que botou fogo nos ânimos de todos os envolvidos nas campanhas eleitorais. Por trás dos nomes de Camilo e de Eunício, muita coisa foi dita indiretamente. Há quem tenha falado mal de um candidato estadual para não falar mal de um líder local, diretamente. Foram mensagens implícitas, mas possíveis de serem decodificadas com alguma facilidade.

As urnas deram um recado quente. A campanha deixou faíscas no ar. Os ânimos parecem estar frios, mas não estão. A pergunta é: quem se habilita a realizar o rescaldo?

Publicado em: 24 de outubro de 2014 às 15:13
Quero Comentar

Várzea Alegre agora tem SAMU e muitas vidas serão salvas por este serviço


SAMU-BLOG1

Foto: Laéce Oliveira | Equipe do SAMU em Várzea Alegre

Hoje o post será bem curto. Quero apenas parabenizar o prefeito Vanderlei Freire (PSD) e o secretário de Saúde, Dr. Fernando Fernandes, pela instalação do SAMU neste município. Provavelmente as pessoas só se darão conta da importância deste serviço quando precisarem da sua assistência, que em alguns casos, será fundamental para salvar vidas. Na semana passada, assistimos a uma avalanche de críticas ao prefeito e ao seu secretário, em razão dos problemas dos cães errantes e casos de calazar na cidade. Mas hoje, quando um serviço de grande importância chega ao município pelos esforços destas mesmas pessoas, ninguém pronuncia um palavra de reconhecimento. Então, registro neste blog, onde tantas vezes dei alfinetadas na administração municipal, os meus parabéns por esta conquista.

SAMU-BLOG2

Foto: Laece Oliveira | Sec de Saúde do Ceará, Ciro Gomes, Dr Sarto, Dr Pedro Sátiro e o prefeito Vanderlei Freire inauguraram o SAMU em Várzea Alegre

É preciso agir com coerência em todos os momentos, principalmente na hora de reconhecer os acertos de quem administra. Alguém comentou comigo: “Mas esse serviço só veio pra cá agora porque estamos em época de política e para beneficiar tal candidato”. A mim pouco interessa isto. O importante é que veio e que irá ajudar muita gente. Antes em tempo de política do que nunca.

O que é o SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência

O SAMU presta socorro em qualquer lugar, em residências, locais de trabalho, vias públicas. Basta ligar para o 192. A ligação é gratuita. Quando o SAMU recebe a ligação um médico regulador faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente ou a pessoa que fez a chamada sobre as primeiras ações que podem ser tomadas, como a prestação dos primeiros socorros ou a imobilização da vítima, dependendo da gravidade do caso. Em casos graves, o paciente é transferido de uma ambulância com UTI. O médico comunica a urgência ou emergência aos hospitais públicos ou UPAs e assim garante atendimento rápido, com menos riscos de sequelas e redução de óbitos graças ao socorro precoce.

Publicado em: 21 de outubro de 2014 às 15:27
Quero Comentar

Vigilância Sanitária intensifica trabalhos para evitar casos de calazar


Foto: Laece Oliveira

Foto: Laece Oliveira

Após a grande discussão em torno da morte de um bebê com sintomas de calazar na semana passada, a Prefeitura de Várzea Alegre está intensificando os trabalhos de coleta de sangue de cães para realização de exames. Entre esta segunda e terça-feira, cerca de 400 cães já foram examinados preliminarmente. Nos casos que dão positivo para a doença, o sangue do animal é enviado para o Lacen, em Fortaleza, para análise mais detalhada. Após esta análise, se em cerca de oito dias o animal apresentar sintomas da doença, confirmando-a, outras medidas serão aplicadas. A Prefeitura está atendendo a uma reivindicação da sociedade que está preocupada com a grande quantidade de cães errantes e uma possível epidemia de calazar entre estes animais na cidade.

Solidariedade…

FERNANDO-FERNANDES

Os médicos varzealegrenses estão programando uma manifestação de apoio ao Secretário de Saúde Municipal, Dr. Fernando Fernandes, para esta quarta-feira, 21. O gestor da pasta foi alvo de duras críticas na última semana em razão da morte de um bebê com sintomas de calazar, cujo caso ainda não foi confirmado pela Secretaria de Saúde do Estado. Em uma manifestação ocorrida sábado pela ruas da cidade, foi pedida a sua exoneração do cargo. A Prefeitura não se pronunciou sobre o caso, o que leva a crer que o secretário permanece como titular da área.

Mudando de assunto…

ASFALTAMENTO-CAPA

A Prefeitura anunciou o asfaltamento de 36 ruas. Neste primeiro momento serão 12 vias beneficiadas. O prefeito da cidade, Vanderlei Freire (PSD), informou que as 36 ruas que estão sendo asfaltadas, têm recursos oriundos na Secretaria das Cidades, do Governo do Estado, da ordem de R$ 1.500.000,00 e do Tesouro Municipal. Veja a lista:

01. Rua Antônio Alves de Oliveira – Centro (2.004,83)

02. Rua Dr. Leandro Correia – Centro (1.417,06)

03. Avenida Luiz Afonso Diniz – Centro (2.595,30)

04. Rua Gonçalves Dias – Centro (2.214,40)

05. Rua J. Gomes Fiúza – Centro (474,98)

06. Rua José Correia Sobrinho – Centro (493,23)

07. Rua José Fiúza – Centro (767,34)

08. Rua Júlio Alves Bastos – Centro (1.810,99)

09. Rua Mestre Antônio – Centro (808,41)

10. Rua Osvaldo Cruz – Centro (646,32)

11. Complementação da Rua José Alves Ribeiro – Centro (209,12)

12. Rua Padre José Gonçalves – Centro (586,50)

13. Rua Padre José Alves – Centro (282,32)

14. Rua Pedro Gonçalves – Centro (1.392,20)

15. Rua Pedro Morais – Centro (395,83)

16. Rua Regina de Carvalho – Centro (1.154,64)

17. Rua São Francisco – Centro (613,87)

18. Rua Vicente Primo – Centro (419,68)

19. Travessa Delegado F. Tonheiro – Centro (454,35)

20. Travessa Frutuoso Dias – Centro (259,80)

21. Travessa José Clementino – Centro (477,35)

22. Travessa Canindezinho – Centro (225,08)

23. Beco da Rua Gonçalves Dias – Centro (145,71)

24. Rua Antônio Primo Filho – Centro (427,33)

25. Rua Antônia Cabeleira – Alto da Prefeitura (2.218,53)

26. Rua Chagas Bezerra – Alto da Prefeitura (2.842,76)

27. Rua Dr. Jorge Siebra – Alto da Prefeitura (398,12)

28. Rua Mundinho Tibúrcio – Alto da Prefeitura      (567,94)

29. Travessa entre a Rua Chagas Bezerra e Rua Antônia Cabeleira (189,45)

30. Rua Alto dos Félix – Alto da Prefeitura (478,47)

31. Rua ao redor da Escola Maria Amélia – Alto da Prefeitura (504,14)

32. Rua entre a Rua Alto dos Félix e Rua Chagas Bezerra – Alto da Prefeitura (216,08)

33. Margens da Avenida Vicente Alves Costa – Zezinho Costa (1.466,17)

34. Rua André Alves Costa – Zezinho Costa (1.999,42)

35. Rua Antônio Alves Costa – Zezinho Costa (2.540,52)

36. Rua João Alves de Menezes – Zezinho Costa (2.306,65)

Publicado em: 20 de outubro de 2014 às 15:08
Quero Comentar

Ao contrário do que muitos pensam, Várzea Alegre não é a única “privilegiada” com cães errantes e casos de calazar


MANCHETE-CALAZAR

O município de Várzea Alegre, ao contrário do que muitos estão dizendo, não é o único “privilegiado” em relação aos problemas com cães errantes e casos de calazar. Neste final de semana, com a repercussão da morte de um bebê com suspeita de ter sido acometido pela doença, uma saraivada de críticas foram lançadas contra a atual administração do prefeito Vanderlei Freire (PSD) e de seu secretário de Saúde, Dr. Fernando Fernandes. Este, inclusive, teve sua saída da pasta exigida por manifestantes que pediram providências quanto ao problema nesta cidade. Ora, fato é que Várzea Alegre não desponta como única cidade com problemas dessa natureza. Para se ter uma ideia, a TV Verdes Mares publicou matéria sobre o caso de Várzea Alegre e outro em Juazeiro do Norte. Em comum, a revolta das famílias questionando a demora para diagnosticar a doença na rede pública da cidade. A reportagem também diz que a Secretaria de Saúde do Estado não confirmou nenhum dos casos.

De fato, há um problema grave para ser enfrentado, mas não apenas em Várzea Alegre. Nosso município está sendo tão vítima quanto outros que se encontram na mesma situação triste. Óbvio que o fato de ter em comum problemas com outros municípios não livra o poder público local de sua responsabilidade. Mas daí pegar o município como bode espiatório da situação, chega a ser exagero da parte de alguns. Isto que estamos vivendo não é problema de um, é problema de todos. É problema de governos e sociedade. Qualquer discussão que fuja dessa lógica, tornar-se-á inócua. O pior é o fato da paixão político-partidária tornar-se sempre mais importante do que buscar as soluções mais viáveis para os problemas.

Sei que há quem se aproveite do momento para colocar em xeque todo o trabalho realizado pela Secretaria de Saúde local, mesmo sabendo que casos de calazar vêm ocorrendo ao longo do tempo e de todas as administrações municipais. Isto é um ônus de se estar no poder quando ocorrências lamentáveis ocorrem. Mas considero que seria mais coerente dizer que todos os administradores tiveram uma falha em comum, que foi justamente o fato de não terem tomado medidas mais eficazes, cada um à sua época, para minimizar o problema, dando a impressão de que a problemática apareceu somente agora.

Uma coisa é certa! O tempo agora não é de procurar culpados, mas sim, uma solução rápida e eficaz. E ninguém sozinho conseguirá esse feito. Somente sociedade e instituições governamentais unidas com este propósito conseguirão uma solução. Mas não creio que o foco das discussões vindouras será a resolução do problema. Alguns insistirão em apontar o dedo, até porque é sempre mais fácil e cômodo.

Veja o vídeo sobre calazar:

 calazar: uma doença que pode matar!

Publicado em: 18 de outubro de 2014 às 17:26
Quero Comentar

Caso da morte do bebê poderia ser emblemático e transformador, mas corre o risco de cair no esquecimento e virar só estatística


JOAO EDIGLE E FAMILIAPois eu acho que Várzea Alegre está perdendo uma grande oportunidade de demonstrar capacidade de mudança. O caso do bebê morto por calazar em nosso município poderia se tornar emblemático, transformador e exemplar. Mas ao que parece, está indo para o rol dos acontecimentos corriqueiros e infrutíferos, além de correr o risco de cair no esquecimento. E lhes digo o porquê de pensar assim. Desde a denúncia do pedreiro João Ediglê, de que seu filho estava internado com calazar em estado grave, na última quarta-feira, e de que o município não havia lhe dado qualquer assistência, uma avalanche de justificativas surgiu de todas as partes. Cada um tentando se explicar e mostrar que fez sua parte, dentro do possível, para que um bebê não viesse a pagar com a própria vida, os frutos da omissão coletiva de direitos e deveres da nossa sociedade. Sim, na minha humilde opinião, a omissão foi coletiva – tanto do governo quanto da sociedade civil – e não apenas neste caso, como em muitos outros que testemunhamos no dia a dia, sem proferir uma palavra de indignação.

Na manhã deste sábado, 18, motivados pela dor comum da morte, uma multidão se fez presente nas ruas da cidade para chamar a atenção das autoridades para o problema do grande número de cães errantes e os casos de calazar registrados no município. Liderados pelo pai da criança morta, as pessoas gritaram pedindo justiça e a saída do secretário municipal de Saúde, Dr. Fernando Fernandes, além da retirada dos cães das ruas da cidade e a instalação de um centro de zoonoses ou de um canil. Tenho minhas dúvidas se algum destes quesitos será atendido. Quando se sente dor, a nossa reação mais natural e imediata é gritar. E é exatamente isso que o pedreiro João Ediglê está fazendo pela dor da perda precoce de seu filho. O receio que tenho é se ele será ouvido ou se seus apelos cairão no esquecimento, mesmo gritando em coro uníssono, como ocorreu nesta manhã. Na Prefeitura Municipal não havia ninguém. O discurso de João Ediglê acabou sendo proferido dele mesmo para o povo que o acompanhava, mas não às autoridades. Nem por isso o assunto acabará aqui. Creio que não. Houve quem aproveitasse da ocasião para fazer campanha política utilizando adesivos de candidatos ao governo do Estado. Não vejo mal nenhum nisso, cada um se manifesta como achar melhor. Houve quem criticasse a presença do ex-prefeito João Eufrásio no evento. Para mim, absolutamente normal. Antes de ser ex-prefeito e ter suas ideologias político-partidárias, é um cidadão como qualquer outro, com o livre direito de expressão. Se quis prestar seu apoio à causa, ninguém pode criticá-lo por isso.

O fato é que, a esta altura, o pedreiro João Ediglê deve estar em algum lugar se perguntando se a sua manifestação, compartilhada por centenas de pessoas, surtirá algum efeito. Não sei se surtirá. Mas surtiria, se o prefeito municipal Vanderlei Freire (PSD), investido de seu papel de representante do povo, estendesse a mão a João Ediglê. O que este rapaz quer, ao que me parece, é ser ouvido. E se eu fosse o prefeito, o ouviria. Marcaria uma audiência e me proporia a ouvir suas queixas, para quem sabe assim, me inteirar da sua revolta por completo. E faria mais. Se achasse necessário, pediria desculpas em nome do município por alguma eventual omissão, mesmo achando que esta não tenha ocorrido, não importa, e me colocaria à disposição da família, para lhe dar qualquer amparo, por acreditar que esta é a hora do município, enquanto instituição, assisti-la. Se já foi feito tudo que disse, peço perdão pela minha desinformação.

Quando um fato dessa natureza gera tamanha indignação, alguém com bom senso deveria alertar para o lado positivo da revolta coletiva que leva as pessoas às ruas para protestar. Talvez João Ediglê pudesse ser engajado na luta efetiva do poder público para a solução deste problema, antes que passe a ser usado como exemplo de descaso da gestão atual ou como cabo eleitoral de um campanha política. Se eu fosse o prefeito, o convidaria a ir comigo até a capital do estado, para que ele mesmo contasse as autoridades da área, o seu drama pessoal e familiar e mostrasse a real necessidade de se resolver este problema em nossa cidade. Se fosse necessário, eu o levaria até Brasília, com o mesmo intuito. Mas também o levaria para conhecer um canil, um centro de zoonoses e a sociedade protetora dos animais, para que João Ediglê tivesse noção de quantas barreiras teria ou terá que enfrentar até que pelo menos um de seus pedidos seja realizado.

Acho cruel ver um pai de família, revoltado pela perda de seu único filho, gritando aos quatro ventos, sem que sua voz encontre o eco necessário. Mas também acho desumano criar grandes expectativas quanto ao seu clamor, embora legítimo, mas difícil de ser ouvido e atendido em sua plenitude.

Tenho receio de que a comoção passe, a revolta se dissolva no tempo, e que este mesmo tempo transforme uma oportunidade de mudança em um fato corriqueiro, isolado, tornando-o apenas mais um número de uma estatística.

Sobre mim:


"Já que não nasci rico, tenho que me virar nos 30, como:

- Locutor da Rádio Cultura;
- Webdesigner da Metas Comunicações
- E outras atividades paralelas decorrentes das duas primeiras.
Aprendi a ser feliz como posso e com o que tenho. Peço a Deus todos os dias, que arranque de meu coração, o peso descartável das vaidades humanas. E que se puder, e sei que pode, que Ele jamais se esqueça de me alcançar com a sua infinita misericórdia, por toda a minha vida."


Outros assuntos:

Uma criança morreu. E todos nós, sociedade civil, somos culpados!


Dilma precisa de mais um mandato para aprender a mentir com mais firmeza. Aécio paga pelos erros de seu partido no passado.


Várzea Alegre tem campanha fria no segundo turno das eleições


Eleições em Várzea Alegre – Alta abstenção mostra afastamento entre líderes e liderados


Vereador Luiz Luciano defende o ex-prefeito Zé Helder e renuncia do posto de líder da situação na Câmara


Várzea Alegre – Forró 100% e Maurício Jorge farão shows no Dia do Município


Banco do Brasil de Várzea Alegre adere a greve da categoria


Edis culpam ex-prefeito Zé Helder por obras inacabadas, mas apoiadores do ex-gestor o defendem nas redes sociais


Várzea Alegre – Campanha chega à reta final pegando fogo


Camilo ameaça chegar junto, mas Eunício continua na dianteira


Comunidades rurais recebem visitas dos apoiadores dos candidatos a Governo do Estado


Jovem com problemas mentais desaparece e deixa família desesperada


Prefeitura abre inscrições para seleção da Rainha do Município 2014


Hoje começo a escrever o capítulo 39 de minha história…


Familiares e amigos participarão de missa pelos 5 anos de morte de Dr José Iran Costa


Zé Helder será homenageado em São Bernardo/SP pelo êxito de sua administração em Várzea Alegre


Sessões da Câmara de Vereadores voltam a ser transmitidas pela Rádio Cultura nesta quarta-feira, 10


Zé Helder receberá Título de Cidadania da Câmara de São Bernardo do Campo/SP


Pesquisa divulgada nesta quarta-feira deixa correligionários de Camilo eufóricos


População se mobiliza por plebiscito sobre realização de uma Constituinte


Misto de fé e cultura, festividades de agosto atraem multidões para Várzea Alegre


Em Várzea Alegre, Eunício e Camilo realizarão caminhadas no mesmo horário e no mesmo local. Será isto prudente?


Eunício e Camilo visitarão Várzea Alegre no mesmo dia – sexta, 29 de agosto


Besteirol dos programas dos candidatos não ajuda eleitor a decidir em quem votar


Eunício Oliveira estará em Várzea Alegre nesta sexta, 29


O que escolher? Uma rodada na roda gigante ou suco e pastel?